quarta-feira, 27 de maio de 2015

Programação:

Terça – Culto de Ensino das 19h30 às 21h00
Quarta – Culto no Ponto de Pregação – 19h00
Quinta – Culto de Ensino e Louvor das 19h30 às 21h00
Sábado – Culto da Comunhão – 19h00
Domingo – Escola Dominical – 07h30 às 09h30
Domingo – Culto da Família – 19h00

Esse é o Segredo

Eu, porém, SENHOR, tenho clamado a ti, e de madrugada te esperará a minha oração. Salmo 88.13      

Definitivamente “oração” é o tema que eu mais vezes escrevi e preguei. Eu a vejo como um dos principais fatores que operam crescimento, santidade, poder e profunda participação no reino de Deus, enquanto a falta da mesma opera exatamente o contrário: carnalidade, debilidade, oscilação espiritual, derrotas e infortúnios!Se um cristão está vivenciando desastres, vive aos “trancos e barrancos”, pode ter certeza que este não é uma pessoa de oração. Por isso entendo que a Igreja deve ser sempre advertida e conduzida à vida plena de oração.

Calma! Vai dar tudo certo – Paulo Junior

Calma! Vai dar tudo certo 

Se procederes bem, não é certo que serás aceito? Gênesis 4:7 
Hoje, pela graça de Deus, fazemos parte da família celeste, da comunidade dos santos. Passamos da morte para vida, alcançando uma “tão grande salvação”. No entanto, nesse insólito processo, o pecado não é totalmente erradicado de nosso ser; ainda possuímos seus resquícios incutidos no velho homem, fazendo com que quedas repentinas estejam presentes em nosso viver cristão.
Devemos compreender que, apesar de nosso pecado estar sendo mortificado pelo processo que chamamos de SANTIFICAÇÃO, ele ainda nos assedia tenazmente, nos seduz, nos acompanha e, invariavelmente, nos leva à queda muitas vezes, nos fazendo fracassar em andar na retidão. 

quinta-feira, 14 de maio de 2015

O Livre Arbítrio – A.W. Tozer

É INERENTE à natureza humana que a sua vontade tem de ser livre. Feito à imagem de Deus, que é completamente livre, o homem deve gozar certa medida de liberdade. Esta o capacita a escolher os seus companheiros para este mundo e para o porvir; capacita-o a sujeitar a sua alma a quem ele quiser, a aliar-se a Deus ou ao Diabo, a continuar pecador ou tornar-se santo.

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Unicismo

Dentro da unidade do único Deus existem três pessoas distintas, o Pai, o Filho e o Espírito Santo; e estes três compartilham da mesma natureza e atributos; então, com efeito, estes três são o único Deus.
Há muitos cristãos evangélicos que consideram o movimento Pentecostal Unicista (também conhecido como “Só Jesus”) como um movimento cristão evangélico. A realidade é que este movimento está muito longe de ser considerado como cristão; está mais para uma seita. Uma das definições teológicas de seita é: Qualquer grupo que se desvia das doutrinas fundamentais do cristianismo, como a Trindade, a divindade de Jesus Cristo e a salvação pela graça, através da fé em Jesus Cristo somente.
Os maiores grupos o melhores conhecidos que compõem o movimento Pentecostal Unicista são:

• Igreja Apostólica da Fé em Cristo Jesus
• Igreja Pentecostal Unida
• Igreja Pentecostal da Fé Apostólica
• Igreja Evangélica Cristo Vive (Miguel Angelo)
• Outros grupos independentes que também crêem na unicidade de Deus, como por exemplo, a Igreja Voz da Verdade, Pentecostal Unida do Brasil, Tabernáculo da Fé, Igreja de Deus do Sétimo Dia etc.

Os pentecostais unicistas negam uma doutrina fundamental do Cristianismo: a doutrina da Trindade.
Este artigo foi escrito exclusivamente para alertar ao corpo de Cristo acerca deste movimento sectário e demonstrar à luz das Escrituras como os Unicistas estão equivocados sobre a verdadeira natureza de Deus. Seguimos a orientação de Judas 3, que nos exorta a lutar ardentemente pela fé que uma vez por todas foi dada aos santos.

sexta-feira, 17 de abril de 2015

O que é o batismo com o Espírito Santo e com fogo? (3) - Pr. Ciro Sanches

Este é o terceiro — e último — artigo a respeito do batismo com o Espírito e com fogo, profetizado por Isaías (44.3), Joel (2.28,29), João Batista (Mt 3.11; Lc 3.16) e pelo próprio Senhor Jesus (Mc 16.17; Lc 24.49; At 1.5,8).

No dia de Pentecostes, os seguidores do Mestre receberam a bênção em apreço pela primeira vez
, tendo como evidência as línguas repartidas como que de fogo que pousaram sobre cada um deles (At 2.1-4). 
Elas não foram produzidas pelos próprios seguidores de Jesus. Elas vieram sobre aqueles, de modo sobrenatural: “E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles” (At 2.3).

O que é o batismo com o Espírito Santo e com fogo? (2) - Pr. Ciro Sanches

No artigo anterior, demonstrei, pela analogia geral da Bíblia, que o batismo com o Espírito Santo e com fogo (Mt 3.11; Lc 3.16) é uma coisa só. Não existe base contextual suficiente para a defesa de outro batismo de julgamento, distinto do batismo com o Espírito Santo, como muitos têm asseverado.

O que é o batismo com o Espírito Santo e com fogo? (1) - Pr. Ciro Sanches'


Na lição 2 da Escola Bíblica Dominical (estudada no último domingo), das Lições Bíblicas deste trimestre (CPAD), está escrito: “Em Lucas 3.16, o fogo é apresentado como elemento purificador na vida de quem recebe o batismo com o Espírito Santo”. Mas, como explicar o fato de João Batista ter falado do fogo do juízo e, no mesmo contexto imediato, aludir a uma ministração do Espírito Santo?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...